A Era de Ouro nas Histórias em Quadrinhos

A Era  de Ouro nos Quadrinhos tem seu começo com o lançamento do primeiro super-heróis, o Superman em 1938, gerando uma ruptura enorme com os quadrinhos que estavam em voga com as revistas Pulp, onde tinham heróis espalhados por gêneros que iam do Velho Oeste até as selvas.

Com o enorme sucesso do Homem de Aço na Action Comics #1 e sua capa vermelha, outros super-heróis foram surgindo, e embarcando nessa nova era dos quadrinhos. Em 1939 Batman surge e  já tinha sua personalidade sombria, nessa era, os (super) heróis eram muito mais brutais e era comum que matassem seus inimigos.

Outros grandes heróis surgiram na era de ouro, tais como Shazam (antigo Capitão Marvel), Flash original, Lanterna Verde, Mulher Maravilha, Gavião Negro, Arqueiro Verde, Batman, Capitão América, Tocha Humana original, Namor.

As histórias em Quadrinhos dessa Época estão intimamente ligados com o contexto histórico da época. A II Guerra Mundial influenciou muito as histórias e catapultou para o sucesso vários heróis que conhecemos. Com o final da Guerra, os quadrinhos de guerra foram perdendo espaço para histórias com cunho científico e ou aventuras, muito por causa das bombas atômicas que explodiram em Nagasaki e Hiroshima. Durante essa transição dos quadrinhos as origens nucleares e atômicas vão substituindo as origens anteriores.

O gosto dos leitores estava mudando e as origens atômicas não agradaram tanto. Agora eram as histórias em quadrinhos de terror e piratas que viraram febre. No fim dos anos 1940 várias histórias foram canceladas. Porém os heróis que sobreviveram aos cortes foram se transformando durante as  eras de prata, bronze e moderna agregando gerações de leitores.

Assista o nosso vídeo sobre a Era de Ouro nos Quadrinhos com mais informações.