Sábado à Noite | Estréia!

Boa noite Paquidérmicos que estão lendo esta estréia no Blog do Paquiderme Punk Bros., 

Sábado à Noite surgiu para você, que recusou aquela balada espetacular, não ficou sabendo que seu amor ia sair e não tinha como se arrumar, ou que a grana esta curta para aquela sala Vip. Mas principalmente para você, que vive uma vida real e, simplesmente, não tem nada melhor para fazer do que ficar em casa e assistir uma boa série ou um bom filme. Dicas que, buscando na internet, com jeitinho você encontra e passa umas horas descontraídas com dicas que fogem um pouco do batido dos sites especializados, dicas de coração de quem já assistiu e tem o prazer de compartilhar com vocês experiencias legais do mundo do entretenimento… Seja bem vindo a Sábado a Noite!!! E que tenha vida longa e ajude você, leitor do Paquiderme, tão gente boa e punk na veia. 

Nada melhor do que assistir, num sábado à noite, um filme apocalíptico não acha?! 

Então a dica fica por conta do filme

AGENTE DO FUTURO – Com Antonio Bandeiras

A história se passa em 2044, onde a Terra não consegue mais comportar a vida humana e estes são obrigados a criarem robôs e uma inteligência artificial quântica para criar uma cidade que consiga manter, minimamente, a dignidade dos seus cidadãos. Construída as cidades, sobram milhares de robôs que se tornam escravos para diversos serviços. Antonio Bandeiras, que interpreta Jacq, entra em ação para investigar robôs que estão agindo de maneira estranha e por conta própria, fora da programação. O resto é Spoiler…

O que torna esse filme diferente da grande quantidade de filmes com robôs humanoides é a veracidade que é apresentado os robôs. Explico. Diferente dos outros filmes as máquina “agem” como máquinas – explico novamente: Os personagens robôs só falam e se movem apenas o suficiente e com exatidão, para atingir aquela ação, sem trejeitos, suavidade ou naturalidade. Falam  e se movimentam somente e estritamente o necessário… o que se, você pensar bem, é exatamente o que se esperaria de uma máquina. O que traz o filme, apesar de ser uma ficção científica, para uma realidade mais real e brutal. 

 

Com nuances filosóficas, o filme agrada para quem quer ação e uma história intrigante e apocalíptica. Agente do futuro, uma boa pedida para este sábado a noite.