Sexta de Livros | OS CATADORES DE CONCHAS – Roisamunde Pilcher

 

       Entre os livros que mais me marcaram, Os Catadores de Conchas encontra-se em lugar muito especial entre minhas lembranças . A autora, como lhe  é peculiar, nos cativa com sua narrativa simples e elegante. Neste livro (autobiográfico?) narra a história de uma mulher que é igual a quase todas de sua época, enfrentando guerras, preconceitos, limitações e as transformações sociais que tanto marcaram a vida de todos neste mundo tão complexo. O título refere-se a um quadro pintado por seu pai há muitos anos, que depois de décadas, foi avaliado como uma obra de arte valiosíssima. Já com uma idade avançada, contrariando a opinião e a ambição de seus filhos, a protagonista decide dar uma guinada em sua vida tão comum, libertando-se das amarras que limitam as pessoas idosas, fazendo valer sua vontade e autonomia, tornando-se uma pessoa independente e senhora de si.