Sexta de Livros | VIRA-LATA DE RAÇA – Ney Matogrosso

Ney Matogrosso foi dos mais populares e controversos cantores da época de minha adolescência. Ler sua auto biografia me trouxe muitas lembranças daquela época. Conhecendo o genial artista e sua uma obra, foi muito gratificante conhecer o ser humano que se escondia atrás de maquiagens fantásticas, requebros que deixavam as pessoas escandalizadas e perplexas com seu apelo sexual latente. Numa fase do Brasil onde tudo era proibido e qualquer atitude fora do normal era considerada uma subversão, Ney colocava toda a sua autenticidade, sem hipocrisia, assumindo seus atos e sua forma de viver com toda a irreverência que chocava e conquistava aqueles que viam ali um artista inigualável. Neste livro ele desnuda sua alma, sempre fidelíssimo aos seus próprios princípios morais. Ler este livro é uma mostra como as pessoas verdadeiras não se apegam a falsos conceitos fazendo de sua vida sua própria cartilha, com o intuito de simplesmente, permitir-se ser feliz.